Informação errada faz Rússia suspender compra de carne do Brasil

O governo da Rússia suspendeu as importações de carne bovina do Brasil, depois que foi confirmado um foco de febre aftosa no rebanho bovino do Pará. De acordo com fontes do porto de Itajaí, localizado em Santa Catarina, a suspensão foi determinada porque o governo brasileiro não comunicou oficialmente a Rússia de que o foco registrado no Pará, região que não exporta carne bovina. Sem informação oficial, os russos achavam que o foco tinha sido registrado no Estado do Paraná, que exporta carne bovina para aquele País. De acordo com esta fonte, o governo russo solicitou ao Ministério da Agricultura informações detalhadas sobre o foco e a expectativa é que o comunicado do governo brasileiro chegue a Moscou na Segunda-feira. A partir deste documento, o embargo deve ser revisto. No ano passado, a Rússia comprou 120 mil toneladas de carne bovina brasileira. Neste momento, no porto de Itajaí, os técnicos russos que acompanham o embarque das cargas não estão emitindo certificados e não estão inspecionando novos lotes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.