Informe o recibo de 2007

O dado é obrigatório e deve ser indicado logo na primeira ficha da declaração, a que identifica o contribuinte

O Estadao de S.Paulo

13 de março de 2008 | 00h00

Na primeira ficha da declaração, a de identificação do contribuinte, há duas mudanças. A mais polêmica é a exigência do número do recibo da declaração de 2007 - depois de dizer que quem não tinha o número teria de ir a uma de suas unidades para fazer a consulta, a Receita voltou atrás e passou a fornecer o dado em consulta online (ler reportagem ao lado). Sem a informação correta desse número, a declaração não será transmitida. Não precisa informar esse número quem não entregou declaração em 2007 ou entregou a declaração de isento. A Receita explica que a exigência é para a segurança do contribuinte, pois impede fraude. No formulário de papel não é pedido o número do recibo. A outra novidade refere-se ao endereço. A Receita está regularizando o endereço do contribuinte. Se o CEP informado não bater com o endereço constante no banco de dados da Receita, o contribuinte receberá uma mensagem de erro ao tentar transmitir a declaração. Para regularizar a situação, ele deve voltar ao quadro inicial da declaração, responder "sim" à questão "Houve mudança de endereço?"e manter o endereço informado, se ele for o correto, ou fazer a troca. Muitas dúvidas de contribuintes podem ser resolvidas no Perguntas e Respostas da Receita. A FiscoSoft Editora oferece em seu site um serviço gratuito de acesso ao serviço com ferramenta de busca por meio de digitação de palavra chave (www.fiscosoft.com.br). A Receita atende no telefone 0300-789-0300. Como obter o número exigidoO número do recibo está no disco rígido do computador de onde você enviou a declaração em 2007, no disquete ou no recibo impresso. Se o perdeu, consulte www.receita.fazenda.gov.br. Clique sobre IRPF-Consulta de Recibo da Declaração. Informe CPF, data que nasceu, nome da mãe, título de eleitor e CNPJ da fonte pagadora da maior renda informada em 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.