Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Infra-estrutura terá US$ 232 bi até 2011

Os investimentos em infra-estrutura no Brasil entre 2008 e 2011 devem atingir US$ 232 bilhões, com R$ 101 bilhões, ou 44% daquele total, direcionados ao setor de energia elétrica, segundo trabalho divulgado ontem pelos economistas Fernando Pimentel Puga e Gilberto Rodrigues Borça Junior, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O total dos investimentos mapeados para aquele período, em infra-estrutura, indústria e construção residencial deve chegar a aproximadamente R$ 1,2 trilhão, ou cerca de 15% a mais do que a projeção do BNDES para o período 2007-2010, que foi de R$ 1,05 trilhão.Os investimentos em energia elétrica darão um salto de R$ 40,9 bilhões, entre 2003 e 2006, para R$ 101 bilhões, de 2008 a 2011, puxados por grandes projetos como os das hidrelétricas do Rio Madeira. Nas comunicações, o investimento mapeado para o período de 2008 a 2011, de R$ 56 bilhões, é menor que os R$ 58,3 bilhões de 2003 a 2006. No caso de saneamento, ferrovias e portos, porém, a projeção é de expressivos aumentos: respectivamente, de R$ 13,4 bilhões para R$ 48 bilhões; de R$ 9,1 bilhões para R$ 19,9 bilhões; e de R$ 2,9 bilhões para R$ 6,8 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

14 de novembro de 2007 | 10h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.