Infraero encaminha documentos para cobrar Vasp na Justiça

A Infraero encaminhará nesta segunda-feira à sua procuradoria jurídica os documentos para a cobrança na Justiça de São Paulo de uma dívida de R$ 11,8 milhões da Vasp. Segundo a estatal, a companhia aérea chegou a apresentar como alternativa de pagamento uma aeronave. Mas a Infraero quer receber a dívida em dinheiro e não aceitou. Esse débito se refere a taxas de embarque não repassadas, cobradas pela Vasp dos passageiros. Com relação à Varig, a Infraero informou que a companhia fez uma proposta de pagar à vista 13% da dívida de R$ 148 milhões e pediu um prazo de até 20 de dezembro para continuar as negociações de refinanciamento do restante do débito. No entanto, a Infraero não aceitou negociar até esse prazo. O conselho de administração da empresa determinou, na semana passada, que todo o débito seja pago ainda este ano. Por isso, as negociações continuarão ainda nesta segunda à tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.