Infraestrutura precisa de R$ 200 bi a R$ 300 bi, diz Gerdau

A infraestrutura brasileira precisa de R$ 200 bilhões a R$ 300 bilhões de investimentos para se tornar tão competitiva quanto a de outros países. A avaliação foi feita pelo empresário Jorge Gerdau, que comanda a Câmara de Gestão do governo federal. A título de comparação, o pacote de concessões anunciado pela presidente Dilma Rousseff prevê R$ 133 bilhões de investimentos privados em rodovias e ferrovias.

O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2012 | 03h07

O empresário, que participa das discussões da Casa Civil sobre a concessão de portos e aeroportos a ser anunciada no mês que vem, afirmou que a parceria com a iniciativa privada se deu por uma questão de tempo. Nos últimos anos, segundo ele, o Ministério dos Transportes investiu de R$ 10 bilhões a R$ 12 bilhões por ano no setor. Nesse ritmo, levaria décadas para resolver o problema.

Gerdau participou ontem do congresso internacional do Movimento Brasil Competitivo, onde foram debatidos os desafios para as empresas brasileiras nos próximos dez anos. Para o empresário, são três os principais: melhorar a educação, investir em logística e melhorar o sistema tributário. Não há como unificar tributos em uma espécie de Imposto sobre Valor Agregado (IVA) neste momento, no entanto, segundo ele. / IURI DANTAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.