Início de construção de moradias nos EUA sobe menos que o esperado

O início de construções de moradias nos Estados Unidos cresceu menos que o esperado em agosto, à medida que os projetos de moradias para várias famílias caíram, mas a tendência continuou apontando para uma recuperação no mercado imobiliário.

Reuters

19 de setembro de 2012 | 09h53

O Departamento do Comércio informou nesta quarta-feira que o início de construções avançou 2,3 por cento, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 750 mil unidades. O início de construções de julho foi revisado para um ritmo de 733 mil unidades, em vez dos 746 mil previamente reportados.

Economistas consultados pela Reuters previam que a construção residencial tivesse alta para um taxa de 765 mil unidades. Comparado com agosto do ano passado, a construção residencial avançou 29,1 por cento.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAMORADIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.