Início de construção de novas moradias nos EUA tem máxima em 4 anos

O início de construções de novas moradias subiu para a maior taxa em mais de quatro anos em outubro, sugerindo que a recuperação do mercado imobiliário está ganhando força, apesar de as permissões para construções futuras terem caído.

Reuters

20 de novembro de 2012 | 11h51

O Departamento do Comércio informou nesta terça-feira que o início de construções de novas moradias avançou 3,6 por cento, para uma taxa anual sazonalmente ajustada de 894 mil unidades --a maior desde julho de 2008.

O dado de início de construção de setembro foram revisados para baixo, para mostrar um ritmo de 863 mil unidades, em vez das 872 mil unidades previamente reportadas. Economistas esperavam que o início de construções desacelerasse para um ritmo de 840 mil unidades no mês passado.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAMORADIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.