Inovar-Auto chega a R$ 6,8 bilhões em investimentos

Cálculo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) aponta que o programa Inovar-Auto está garantindo R$ 6,8 bilhões em novos investimentos no Brasil. Em nota, o ministério cita que essa marca foi alcançada com anúncio de instalação de mais uma fábrica da Honda, em São Paulo.

AYR ALISKI, Agencia Estado

07 de agosto de 2013 | 18h05

"O setor automotivo brasileiro atingiu nesta quarta-feira, 07, a marca de R$ 6,8 bilhões em novos investimentos anunciados desde janeiro deste ano, quando entrou em vigor o Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto)", cita o texto do MDIC. O ministério ressalta que o investimento de R$ 1 bilhão divulgado pelo Grupo Honda se soma a outros R$ 5,8 bilhões anunciados pelas empresas Nissan, JAC Motors, BMW, Chery, Mitusubishi Motors, Caoa e, no grupo de caminhões pesados, DAF Caminhões e Metro-Schacman. Essas montadoras foram habilitadas no Inovar-Auto como novas investidoras.

O MDIC ressalta que a fábrica japonesa produzirá um modelo compacto na nova planta que pretende instalar na cidade de Itirapina, interior paulista. Segundo a empresa, que irá solicitar a adesão ao Inovar-Auto como investidora, a fábrica terá capacidade para produzir 120 mil veículos por ano e irá gerar 2 mil postos de trabalho.

De acordo com a montadora, o investimento inclui a aquisição de um terreno de 5,8 milhões de metros quadrados, a compra de equipamentos e a construção das instalações. Com a nova unidade, a Honda dobrará a capacidade produtiva no País para 240 mil automóveis por ano, a partir de 2015, já que a unidade de Sumaré já produz 120 mil carros por ano dos modelos Civic, Fit e City. Até o final do ano a Honda iniciará ainda as operações de um novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Automóveis, na fábrica de Sumaré, onde centralizou as operações no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
inovar-autohonda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.