Insatisfeito com ranking do Procon, Itaú promete melhorias

Apesar de ter registrado queda de 19% no volume de reclamações, banco diz que vai aprimorar serviços

Agência Estado,

15 de março de 2012 | 13h30

SÃO PAULO - O Itaú informa que registrou queda de 19% no volume de reclamações, mas mesmo assim não está satisfeito com sua posição no ranking do Procon-SP. O levantamento anunciado hoje mostra o banco em terceiro lugar na lista de empresas com mais reclamações.

"Continuaremos investindo esforços para aprimorar serviços e reduzir falhas, em velocidade maior que a expansão do setor bancário", informa nota do banco à imprensa. "O Itaú Unibanco é um dos maiores conglomerados do país e líder de mercado em vários segmentos. Essa posição naturalmente nos coloca em condição de destaque quando observamos apenas números absolutos (de reclamações)."

O banco afirma que "assumiu compromissos públicos de melhoria com a Fundação Procon-SP, demonstrando que o Itaú Unibanco está focado em reduzir reclamações e aumentar a satisfação dos clientes".

Em 2011, o Itaú informa que promoveu 11 Fóruns de Debates sobre Direitos do Consumidor, envolvendo os executivos das mais diversas áreas da instituição em debates com lideranças dos órgãos e entidades civis de defesa do consumidor dos 26 estados do País e do Distrito Federal. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.