Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Insatisfeito, Lula quer novos cortes na taxa Selic

Apesar de a taxa básica dos juros (Selic) estar hoje em 8,25% ao ano, a menor taxa da história do País, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva demonstrou que não está satisfeito. "É desejável e possível cortar ainda mais", afirmou ontem à noite na festa dos 71 anos da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que lhe concedeu o Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial. Lula também ressaltou que a atratividade do Brasil ocorre pelos investimentos produtivos de longo prazo. "Seria um equívoco imaginar que o fluxo de capital estrangeiro reflete apenas o lado da especulação financeira."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.