INSS cria cartão de crédito para aposentados

7O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) resolveu criar mais uma facilidade para o aposentado que quiser dinheiro emprestado no banco mediante desconto em folha do valor da parcela. Foi criado um cartão de crédito, que terá o valor limitado a 10% do benefício. O INSS chamou essa operação de Reserva Margem Consignável (RMC).Pela lei, o aposentado pode comprometer no máximo 30% de seu benefício com empréstimos em consignação. O cartão de crédito vai entrar nesse limite, ou seja, ele não representará um crédito extra. Se, por exemplo, o aposentado recebe R$ 1.000,00 de benefício, ele pode comprometer até R$ 300,00 em empréstimos consignados. Desses, R$ 300,00, até R$ 100,00 podem ser no cartão RMC.De acordo com o INSS a Reserva de Margem Consignável ainda vai ser regulamentada, mas para ter o cartão de crédito o segurado terá que autorizar expressamente o seu processamento prévio. Caso não opte pelo cartão, não existe qualquer alteração na operação de empréstimo com desconto em folha. O comprometimento do pagamento das parcelas continua sendo de no máximo 30% da renda líquida, com o prazo também limitado a 36 meses.Segundo o INSS já são 14 os bancos conveniados que estão operando com o empréstimo com desconto direto do valor da parcela pela Previdência Social, que repassa o dinheiro para a instituição financeira. Brevemente farão parte da lista o HSBC e o Banco do Brasil, que já faz a operação mediante autorização para desconto na conta corrente do aposentado.A relação de bancos conveniados com INSS é a seguinte: Caixa Econômica Federal, Banco Matone, Bonsucesso, Cruzeiro do Sul, Schahin, Paraná Banco, Cacique, BMG, Mercantil do Brasil, BMC, Paulista, Panamericano, Pine e BGN.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.