INSS: redução do benefício requerido em dezembro

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o brasileiro passou a viver mais. E, como a expectativa de vida é um dos critérios usados pelo INSS na apuração do fator previdenciário para o cálculo da aposentadoria, os benefícios por tempo de contribuição requeridos em dezembro terão ligeira redução. O argumento é o seguinte: quanto maior a expectativa de vida na hora de aposentar-se, menor será o benefício, porque se presume que ele será pago por mais tempo. Pela tabela do IBGE, a expectativa de vida do brasileiro que atingiu 50 anos de idade subiu de 25,4 para 25,5. Como a diferença é pequena, a redução dos benefícios não será expressiva. Mas o valor da aposentadoria de quem requerer o benefício em dezembro só será conhecido quando for divulgado o Índice Geral de Preços (IGP) da Fundação Getúlio Vargas, referente a novembro. Esse índice corrige os salários de contribuição do segurado.

Agencia Estado,

10 Dezembro 2001 | 08h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.