Instituto de Finanças projeta crescimento de 3,5% para Brasil

O Institute of Internacional Finance (IIF) projeta crescimento do PIB do Brasil em 3,5% neste ano. Segundo a IIF, a desaceleração do crescimento econômico em relação a 2004 será um reflexo de um enfraquecimento da demanda doméstica diante de um quadro de maior aperto monetário que está em curso pelo Banco Central. O IIF prevê que o crescimento da América Latina deverá se desacelerar de uma taxa de 5,4% em 2004 para 3,7% este ano. Os mercados emergentes como um todo deverão crescer neste ano, em média, 5,4% ante uma taxa de 6,3% em 2004. Entre as regiões de mercados emergentes, a maior desaceleração fica por conta da América Latina, uma vez que, segundo o IIF, a recuperação forte da atividade econômica observada no Uruguai e na Venezuela após as crises nos respectivos países dará lugar para uma trajetória de crescimento dentro de padrões considerados mais normais. O IIF estima que a Argentina deve crescer em 2005 por volta de 5,2%, depois de um crescimento de 8,3% estimado no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.