Íntegra do aviso distribuído pelo Bradesco

Confira, abaixo a íntegra do aviso distribuído pelo banco Bradesco para a compra das subsidiárias da American Express no Brasil que atuam no ramo de cartões de crédito, corretagem de seguros, serviços de viagens e de câmbio no varejo, além das operações de Crédito Direto ao Consumidor (CDC)."Comunicado ConjuntoBradesco firma Parceria com a American Expresse assume suas operações no BrasilO Banco Bradesco S.A. (Bradesco) comunica aos seus acionistas, clientes e ao mercado em geral que firmou parceria com a American Express Company, para assumir suas operações de cartões de crédito e atividades correlatas no Brasil. Entre outros documentos, foram assinados "Contrato de Compra e Venda de Ações" e "Acordo de Operador Independente", que regerão o relacionamento entre as partes.A parceria compreende:1 - A transferência para o Bradesco das subsidiárias da American Express no Brasil que atuam no ramo de cartões de crédito, corretagem de seguros, serviços de viagens, de câmbio no varejo e operações de Crédito Direto ao Consumidor - CDC;2 - O direito de exclusividade do Bradesco para a emissão de cartões de crédito da linha Centurion no Brasil. A linha Centurion inclui os tradicionais cartões Green, Gold e Platinum que apresentam a logomarca American Express Centurion. O direito de exclusividade será pelo prazo mínimo de 10 anos e permite ao Bradesco emitir cartões de crédito American Express para clientes pessoas físicas e jurídicas, oferecer o Programa Membership Rewards relativo a esses cartões, e administrar a rede de estabelecimentos para a aceitação dos cartões American Express no Brasil.Principais dados das operações de cartões de crédito do Bradesco e da American Express no Brasil, em 31.12.2005: Operações ProprietáriasTipoAmerican ExpressBradescoFaturamento Acumulado no AnoR$ 13,8 bilhõesR$ 8,9 bilhõesMarket-Share - faturamento (*)10,7%6,9%Base de Cartões 8,7 milhões 1,2 milhão* Fonte: Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços - ABECSO Bradesco pagará pelas subsidiárias da American Express, por ocasião do fechamento da Operação, o valor de US$ 490 milhões, equivalente a aproximadamente R$ 1,04 bilhão, em 17.3.2006.A American Express tem profundo conhecimento do mercado de cartões de crédito e é considerada uma das marcas mais valiosas do mundo, com grande prestígio internacional. Possui excelente plataforma operacional no Brasil e conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados. A American Express vem aumentando sua participação no mercado mundial de cartões, e ocupa posição de liderança no segmento de alta renda e nas operações de cartões corporativos no Brasil.A Parceria representa um importante passo estratégico para o Bradesco e permite a expansão da sua base de clientes num segmento de grande concorrência, além de complementar seu posicionamento no mercado de cartões e proporcionar maior conveniência aos seus clientes.Adicionalmente possibilitará importantes ganhos de escala e expansão da rede de estabelecimentos comerciais, agregando valor a ambas as Instituições.Os portadores de cartões American Express no Brasil continuarão desfrutando dos mesmos serviços e benefícios, incluindo assistência a viagens em mais de 2.200 Pontos de Atendimento e mais de 550.000 ATMs no mundo. Os mais de 23.000 ATMs do Bradesco também serão disponibilizados em breve para os portadores de cartões. Em linha com as recentes e bem sucedidas parcerias firmadas pela American Express mundialmente (aproximadamente 100), por meio de sua divisão Global Network Services, o Bradesco está comprometido a manter os altos padrões de qualidade, segurança e confiança da marca American Express.A concretização da Operação está subordinada à aprovação das autoridades competentes e o fechamento deverá ocorrer no final do 1o semestre de 2006.Não estão incluídos na negociação o escritório de representação American Express Bank Ltd. em São Paulo, o negócio local de Travelers Cheques e os acordos de licenciamento de cartões existentes com outros bancos locais, os quais não incluem os da linha Centurion.A American Express foi assessorada na operação pela Goldman Sachs e o Bradesco pelo seu Departamento de Mercado de Capitais - BBI."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.