Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Intel cortará 10% da força de trabalho

A fabricante de circuitos integrados Intel Corp. divulgou nesta terça-feira que irá realizar um corte de 10,5 mil empregos - cerca de 10% de sua força de trabalho. Os cortes serão feitos por meio de demissões, fechamento de unidades e pela venda de negócios com baixo desempenho, e fazem parte de um grande processo de reestruturação em processo na empresa.A companhia acrescentou que a maior parte dos cortes este ano vai ocorrer nas áreas de gerenciamento, marketing e tecnologia de informação. No ano que vem, os cortes serão expandidos para outros segmentos, como manufaturação e projetos.A estimativa é de que os cortes representem uma economia de US$ 3 bilhões por ano até 2008. Os custos dos cortes deverão ser de cerca de US$ 200 milhões. "Essas ações, embora difíceis, são essenciais para que a Intel se torne uma empresa mais eficiente e ágil, não apenas para este ano ou o próximo, mas para os anos que virão", afirmou o presidente da empresa, Paul Otellini, em um comunicado.A maior fabricante de chips do mundo está lutando para reverter a queda nos lucros e recuperar a participação do mercado conquistada pela rival Advanced Micro Devices Inc.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2006 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.