Intenção de compra dos consumidores recua no 3º trimestre

Pesquisa mostra que parcela de consumidores que pretendem realizar compras cai para 61,8% no período

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

15 de julho de 2008 | 16h25

A intenção de compra e de gastos dos consumidores no varejo no terceiro trimestre deste ano recuou para 61,8% ante 63,2% do segundo trimestre, aponta a pesquisa do Programa de Administração do Varejo (Provar), da Fundação Instituto de Administração. Em relação ao terceiro trimestre de 2007, porém, o levantamento registra um aumento de 5,2 pontos porcentuais. Entre os consumidores que não pretendem realizar compras e gastos, o porcentual passou de 36,8% de abril a junho para 38,2% nos meses de julho a setembro. "Deve-se considerar para o terceiro trimestre de 2008 as mudanças macroeconômicas e o nível de endividamento do consumidor, que pode atuar como fator inibidor para a contração de novas dívidas", afirma o coordenador-geral do Provar, Claudio de Angelo. Segundo a pesquisa, os segmentos de informática, cine e foto e linha branca registraram crescimentos de 13,8%, 12,6% e 10,6%, respectivamente, nas intenções de compras para o terceiro trimestre ante o segundo. "O avanço foi possivelmente influenciado pelo interesse crescente dos consumidores das classes C e D por essas categorias de produtos", destaca. Entre os produtos que os consumidores pretendem comprar, os que apresentaram as menores altas foram eletroportáteis (1,6%), cama, mesa e banho (2%) e automóveis (4%). O levantamento aponta ainda que o segmento de móveis apresentou o maior crescimento porcentual na intenção de gastos, com alta de 77,8%, para R$ 1,507. Em seguida aparecem eletroeletrônicos (53,2%) e linha branca (41,2%). A pesquisa, que consultou mais de 500 consumidores da cidade de São Paulo, destaca também que apenas 11,6% dos entrevistados afirmaram ter intenção de efetuar compras pela Internet no terceiro trimestre, resultado inferior aos 19% do segundo trimestre.

Tudo o que sabemos sobre:
ComércioConsumidor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.