Interior de São Paulo terá reajuste de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou 12 distribuidoras do interior dos estadosde São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e Paraíba a reajustar, a partir deste sábado (3/2), suas tarifas de energia elétrica. O reajuste varia de 13,39% a 18,08%. Os reajustes definidos para cada distribuidora são os seguintes: Empresa Luz e Força Santa Maria, no Espírito Santo, 16,74%; Companhia Luz e Força de Mococa, Minas Gerais e São Paulo, 16,91%; Companhia Sul Paulista de Energia, em São Paulo, 16,78%; Companhia Paulista de Energia Elétrica, em São Paulo, 14,85%; Companhia Jaguari de Energia, em São Paulo, 18,08%; Companhia Luz e Força Santa Cruz, em São Paulo e Paraná, 15,62%; Caiua-Serviços de Eletricidade S/A, em São Paulo, 15,60%; Companhia Nacional de Energia Elétrica, em São Paulo, 14,62%; Empresa Elétrica Bragantina S/A, em Minas Gerais e São Paulo, 15,34%;Empresa de Eletricidade Vale Paranapanema S/A, em São Paulo, 13,39%; Companhia Força e Luz do Oeste, no Paraná, 17,42%; e Companhia Energética da Borborema, na Paraíba, 15,93%.Segundo a Aneel, para que fossem concedidos os reajustes foram considerados custos da energia comprada, a conta de consumo de combustível, a reserva global de reversão, a compensação financeira, a taxa de fiscalização, os encargos de conexão e transmissão, além da variação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) dos últimos 12 a 18 meses, dependendo da distribuidora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.