Internet deve popularizar sistema financeiro

A Internet está sendo usada por bancos estrangeiros como meio de expansão dos serviços no País, sem a necessidade de abrir agências. A informação é do presidente da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban) e do Banco Itaú, Roberto Setúbal. Na opinião do executivo, a utilização dos celulares no acesso à Internet deve popularizar o uso da rede mundial de computadores, beneficiando o sistema financeiro.Em 1999, 126,3 milhões de transações ocorreram pelo sistema de Internet dos bancos. Trata-se de uma evolução de 225,6% em relação ao ano imediatamente anterior. O crescimento dos investimentos dos bancos nos serviços pela Internet ainda é pequeno, mas tende a evoluir diante desse cenário de aumento do número de usuários. A maioria dos clientes usa sistemas de auto-atendimento O presidente da Febraban disse também que é crescente o uso do auto-atendimento no sistema financeiro. No final de 1999, 67% das 9,3 bilhões de transações anuais do sistema bancário foram realizadas por meios automatizados - auto-atendimento, débito automático, terminais no comércio, computadores e telefones instalados em residências. Há mais de 40 milhões de brasileiros com conta corrente e de poupança que utilizam os sistemas eletrônicos.Os banco já fazem grandes investimentos nesse setor. Em 1998 atingiram R$ 2,1 bilhões e passaram para R$ 2,491 bilhões em 1999. Nesse ano, a expectativa de Setúbal é que o total de investimentos suba para R$ 3 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.