Interventor prevê levantamento mais rápido no Banco Santos

O interventor do Banco Central no Banco Santos, Vanio Aguiar, estimou hoje que o levantamento de dados sobre a situação financeira da instituição deverá demorar bem menos do que os seis meses previstos em lei. "Acredito que em 30% desse tempo, mais ou menos dois meses, é possível realizar o trabalho", afirmou o interventor à Agência Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.