finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Inventor do sistema Toyota de produção morre aos cem anos

Eiji Toyoda criou o método copiado no mundo inteiro, que prega o desperdício zero e a melhoria contínua da qualidade

Reuters,

17 de setembro de 2013 | 11h41

TÓQUIO - Eiji Toyoda, criador do famoso sistema de produção da Toyota, que ajudou a marca a japonesa a se tornar uma das líderes mundiais na produção de veículos, morreu nesta terça-feira, 17, aos cem anos de idade.

Toyoda, primo do fundador da companhia japonesa, morreu de ataque cardíaco em Toyota City, informou a empresa.

 

Toyoda foi personagem chave no desenvolvimento do que se converteu no imitado método de fabricação da empresa. O método consiste em produzir veículos com baixo desperdício e melhoramento contínuo de qualidade, e ficou conhecido como 'sistema Toyota' de produção.

O engenheiro foi presidente da Toyota entre 1967 e 1982. Dirigiu o conselho de administração até 1994 e continuou trabalhando como assessor honorário da Toyota até a sua morte.

Ao longo da carreira, o executivo presidiu a entrada e o crescimento da marca japonesa no mercado americano, desde o lançamento do Corolla no final dos anos 1960 até a decisão de começar a fabricar veículos nos Estados Unidos, no final dos anos 1980.

Tudo o que sabemos sobre:
Toyota

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.