Investidor deve avaliar recompra de ações por empresas

Recentemente um grande número de empresas anunciou a recompra de suas próprias ações no mercado. Para o investidor que comprou esses papéis ou tem recursos em fundo de ações com esses papéis na carteira, o momento é de muita atenção. Isso porque a recompra normalmente tem um efeito direto nas ações, para baixo ou para cima. Assim, antes de mais nada, o investidor deve reavaliar a situação da empresa.Segundo o professor de Contabilidade e Finanças da FEA-USP, Alexsandro Broedel Lopes, as empresas só lançam mão desse expediente em duas situações extremas, afetando diretamente o investidor. "As companhias que querem dar um sinal de saúde financeira ao mercado compram seus papéis como prova desse fato quando julgam que as cotações no mercado estão muito baixas, o que lhes traz uma série de benefícios. É uma questão de imagem." Para ele, esse movimento pode trazer reconhecimento de que as avaliações dos analistas são excessivamente pessimistas e chamar atenção para a boa situação da empresa junto a acionistas, credores, investidores, etc. "Nesse caso, quando a recompra ocorre com sucesso, o efeito é sempre de alta nos preços, mesmo porque há um forte movimento de compra no mercado", afirma Lopes.Porém, quando uma empresa decide recomprar ações, a motivação pode ser outra: o fechamento do capital da empresa ou uma fusão, o que é muito mais comum no Brasil, segundo o professor da USP. Nesse caso, o esperado é que o preço do papel caia, especialmente para os últimos a vender, pois o volume de negócios com a ação cai muito.Segundo as regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa é obrigada a identificar o seu objetivo ao anunciar a recompra. "Mas o investidor deve estar atento, pois a recompra para melhorar a imagem é apenas um sinal, um chamado, não um fato em si. Deve-se avaliar com cuidado a situação patrimonial da empresa", recomenda Lopes. Se a empresa não tem números sólidos ou se endivida, por exemplo, para realizar a recompra, isso é mau sinal. Para o analista, se o mercado parece estar excessivamente pessimista e a empresa é inegavelmente sólida, o movimento é positivo.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.