Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Investidor embolsa lucro e trigo cai

As cotações do trigo caíram ontem no mercado internacional, pressionadas por vendas de investidores que embolsaram lucros após a valorização de mais de 10% na semana passada. Por outro lado, os preços da commodity seguem sustentados pelo excesso de umidade em regiões dos Estados Unidos e pela estiagem em países como França e Alemanha, que colocam em risco a produção. Pouco mais da metade das lavouras norte-americanas de trigo de primavera foram cultivadas até o momento, quando o normal seria que o plantio estivesse praticamente concluído. Entretanto, meteorologistas informaram ontem que há perspectiva de melhora no clima, o que acaba pesando nos preços futuros. Na Bolsa de Chicago, o contrato do trigo para entrega em julho fechou com queda de 2,90%, cotado a US$ 7,7975 por bushel. Em Paris, o declínio foi de 1,4%. Os contratos de curto prazo do milho e da soja caminharam no mesmo sentido. O milho caiu 2,8% e a soja, 0,1%.

Filipe Domingues, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2011 | 00h00

Já na Bolsa de Nova York, a maioria das commodities agrícolas encerrou o dia com valorização, se recuperando de parte das perdas da véspera. O açúcar, que havia caído 4,0% na segunda-feira, ontem avançou 1,9%. A entrada da safra do Brasil no mercado está atrasada e evita recuo maior dos preços da commodity. Além disso, a maior parte da cana recém-colhida no País vem sendo destinada ao etanol, cuja oferta está apertada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.