Public Domain
Public Domain

Investidor local tem apetite a risco enquanto o exterior monitora as negociações do Brexit

As atenções estão na terceira votação no parlamento britânico do acordo para saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit; dólar cai 0,66%, cotado a R$ 3,89

Luciana Antonello Xavier, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2019 | 12h00

O bom humor generalizado dá o tom aos negócios locais nesta sexta-feira, 29. O apetite por risco é ainda maior na Bovespa, com alta de mais de 1%, do que em Wall Street, diante do apaziguamento da turbulência política e com forte alta das ações da Petrobrás, Vale e siderúrgicas, também beneficiadas pela alta do petróleo e do minério de ferro. O dólar voltou a acentuar a desvalorização ante o real há pouco em meio à disputa pela formação da Ptax de fim de mês e de trimestre.

Às 11h36, o Ibovespa subia 1,27%, aos 95.590 pontos, enquanto no exterior o Dow Jones caía 0,42% e o S&P 500 caía 0,41%. O dólar à vista caía 0,66%, a R$ 3,8901.

Em Nova York, os ganhos ficaram mais contidos após a divulgação do índice de atividade industrial de Chicago elaborado pelo Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês), que caiu a 58,7 em março, abaixo da previsão de 60,7 de analistas.

No Reino Unido, as atenções estão na terceira votação no parlamento britânico do acordo para saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit, que ocorre neste momento. Os deputados britânicos votaram contra todas as alternativas ao acordo. Por volta das 11h40, a Bolsa de Londres subia 0,63%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.