Investidor volta a pressionar Yahoo

O investidor Carl Icahn pediu que o conselho de administração do Yahoo "pare de dançar em torno do assunto" e ofereça publicamente a venda da companhia à Microsoft por US$ 34,375 a ação. Icahn enviou mais uma carta áspera ao presidente do conselho da Yahoo, Roy Bostock. O investidor disse que, para a continuidade de negociação com a Microsoft, seria necessário que o preço da ação do Yahoo chegasse a pelo menos US$ 33, o que ele considera improvável. O preço de R$ 33 é o que a Microsoft apresentou há um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.