Investidores estão pessimistas sobre Brasil, diz Tesouro-EUA

A turbulência registrada no câmbio e nos demais mercados brasileiros reflete a concentração dos investidores no "pior cenário" para após o resultado do segundo turno das eleições, disse o vice-secretário do Tesouro dos EUA, Kenneth Dam. Em conferência sobre as Américas, Dam ressaltou fatores positivos, observando a pacífica condução do primeiro turno das eleições brasileiras, "importante registro das vantagens da democracia". "É dentro deste contexto que há preocupação excessiva em relação à política que o governo eleito poderá adotar", disse Dam. "Os mercados estão olhando ao que pode ser chamado pior cenário ao Brasil", acrescentou. Dam afirmou ser cedo para dizer quais serão as políticas que o próximo governo adotará. "Não acredito que possamos prejulgar a situação", afirmou. Ele acrescentou "estar confiante" que o governo eleito poderá enfrentar os desafios da maior economia da América do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.