Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Investidores ganharam 810% com a venda

A mina de Itatiaiuçu se valorizou 810% em 15 meses, desde a compra pela London Mining até a venda para a Arcelor Mittal, anunciada ontem. Comprada em maio do ano passado por US$ 89 milhões, a mina foi revendida por US$ 809,9 milhões.Luciano Ramos, ex-presidente da London Mining Brasil, atribuiu a valorização a um programa de sondagem geológica - que elevou as estimativas da reserva de 126,5 milhões de toneladas para 402 milhões de toneladas -, ao aumento da da capacidade produtiva - de 500 mil toneladas de minério de ferro por ano para 3,8 milhões de toneladas até o fim deste ano - e à construção de uma usina para produção de finos de minério. O preço do minério subiu cerca de 65% no ano passado."Durante décadas, a mina produziu apenas um produto, chamado granulado, para produtores de ferro-gusa", disse Ramos. "Em pouco mais de um ano, transformamos uma empresa familiar em uma mineração de classe mundial".Formada em 2005 por investidores europeus, privados e institucionais, a London Mining desenvolve projetos de minério em Serra Leoa, Groenlândia, México e Arábia Saudita.Recentemente, adquiriu uma jazida de carvão na África do Sul.

O Estadao de S.Paulo

21 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.