Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Investidores passam a acreditar em vitória de Alckmin em 2018, aponta pesquisa

Segundo levantamento feito pela XP Investimentos, em caso de vitória de Alckmin, investidores acreditam que a Bolsa superaria os 80 mil pontos e o dólar poderia ficar abaixo de R$ 3,00

Fábio Alves, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2017 | 12h28

Uma segunda pesquisa sobre as eleições de 2018 realizada pela XP Investimentos com 211 investidores institucionais, representando mais de 50% dos recursos sobre gestão no Brasil, mostra que o mercado financeiro passou a apostar na vitória do governador paulista Geraldo Alckmin no pleito presidencial, mas o nome do apresentador Luciano Huck já ocupa o segundo lugar na aposta de provável vencedor.

+ Pré-candidatos buscam agenda anticrise para disputa presidencial do ano que vem

O levantamento, realizado entre os dias 21 e 23 de novembro, não é uma pesquisa de intenção de voto, pois perguntou aos entrevistados em quem eles acreditam que será o vencedor na eleição presidencial e não em quem eles votarão no pleito. Além disso, a pesquisa procurou saber o cenário para a Bolsa de Valores e para a cotação do dólar frente o real numa simulação com diferentes candidatos vencendo a eleição presidencial. O primeiro levantamento sobre as eleições de 2018 feito pela XP Investimentos foi realizado entre os dias 31 de julho e 2 de agosto.

+ Debate eleitoral inclui privatização e tamanho do Estado

Na pesquisa deste mês, 46% dos investidores institucionais disseram acreditar que Alckmin será eleito o próximo presidente. Em segundo lugar, ficou Luciano Huck, com 19% das respostas, seguidos pelo deputado Jair Bolsonaro (17%), pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, (8%), pelo prefeito paulistano João Dória (3%) e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2%). Outros candidatos representaram 5% das respostas. Na pesquisa realizada em agosto, Doria era a aposta para vencer as eleições presidenciais de 2018, com 42% das respostas, seguido por Alckmin (38%) e Lula (6%). O nome do apresentador Luciano Huck não constou da primeira pesquisa.

No levantamento deste mês, 48% dos investidores ouvidos disseram acreditar que, em caso de vitória de Lula, a Bolsa cairia para abaixo de 55 mil pontos. Já o dólar dispararia para acima de R$ 4,10 para 36% dos ouvidos.

+ 'Se privatizar a Eletrobras, tomaremos de volta', diz Ciro Gomes

Em caso de vitória de Alckmin, para mais de 73% dos investidores, o Ibovespa superaria 80 mil pontos, sendo que 31% dos entrevistados enxergam o índice acima de 90 mil pontos com a eventual vitória do governador. Já o dólar ficaria abaixo de R$ 3,00 para 38% dos entrevistados e, para 42% deles, a moeda americana ficaria entre R$ 3,00 e R$ 3,30.

Já com a vitória de Luciano Huck, uma parcela de 51% dos ouvidos vê o Ibovespa acima de 80 mil pontos e 26% enxergam o dólar abaixo de R$ 3,00.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.