Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Investimento estrangeiro na China sobe 38,2% em novembro e soma US$ 9,7 bi

País deve atingir um recorde de US$ 100 bilhões em IED neste ano 

Hélio Barboza, da Agência Estado,

15 de dezembro de 2010 | 08h04

A China informou ter atraído o equivalente a US$ 9,7 bilhões em investimento estrangeiro direto (IED) no mês de novembro, 38,2% acima do obtido um ano antes, estendendo uma recuperação que começou em setembro, após dois meses seguidos de desaceleração.

Em outubro, a China havia atraído o equivalente a US$ 7,7 bilhões em investimento estrangeiro direto, 7,9% acima do resultado de outubro de 2009, depois de aumentos de 6,1% em setembro e de 1,4% em agosto.

No acumulado de janeiro a novembro, o investimento estrangeiro direto na China teve alta de 17,7% em relação ao mesmo período do ano passado, para US$ 91,7 bilhões, acelerando-se em relação ao crescimento de 15,7% do período janeiro-outubro, de acordo com o Ministério do Comércio.

Investimento recorde

A China deve atrair um recorde de US$ 100 bilhões em investimento estrangeiro direto neste ano, previu o Ministério do Comércio nesta quarta-feira.

Nos primeiros 11 meses do ano, o investimento para o país totalizou US$ 91,7 bilhões, quase 18% mais que em igual período do ano passado.

(Com informações da Dow Jones e Reuters)

Tudo o que sabemos sobre:
chinaiedinvestimento estrangeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.