Investimento Externo Direto em novembro surpreendeu BC

O chefe do departamento econômico do Banco Central, Tulio Maciel, disse que o resultado do ingresso de Investimento Estrangeiro Direto (IED) em novembro surpreendeu positivamente. A entrada foi de US$ 4,587 bilhões ante expectativa para o período de US$ 3 bilhões. "Têm sido a tônica do ano as surpresas positivas", comentou.

CÉLIA FROUFE E EDUARDO CUCOLO, Agencia Estado

18 de dezembro de 2012 | 12h00

Maciel salientou que o BC trabalha com uma "margem confortável" de financiamento do déficit exclusivamente com IED. "Está implícita nessa estimativa a previsão de IED de US$ 3,1 bilhões em dezembro", disse.

De acordo com ele, o saldo este mês até o dia 14 está em US$ 2 bilhões. Maciel ressaltou também que tanto para o resultado do mês quanto para o período de janeiro a novembro, os volumes são os segundos maiores da série. O IED novembro perde para o de 2000, quando ficou em RS$ 5,720 bilhões, e o do acumulado do ano é menor do que o visto em igual período 2011, quando somou US$ 66,660 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BCsetor externoMacielIED

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.