carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Investimento externo em ações do País bate recorde

Os investimentos estrangeiros em ações de empresas brasileiras em outubro somavam até ontem US$ 13,025 bilhões, pelos dados divulgados pelo Banco Central. O volume de ingressos no mercado acionário até o momento é recorde na série histórica, desde 1947. O valor refere-se às compras de ações no Brasil e no exterior. Apenas para as ações negociadas no País - volume que afeta as cotações do dólar -, as aplicações dos estrangeiros somam US$ 8,761 bilhões, segundo o BC.

AE, Agencia Estado

24 de outubro de 2009 | 08h43

No Ministério da Fazenda, a notícia reforçou a defesa da taxação de 2% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre a entrada de capital estrangeiro no País. A avaliação é que os dados mostram que havia excessivo afluxo de capital estrangeiro para o mercado de capitais, o que vinha provocando rápida valorização do real.

Parte importante desses recursos está associada a uma única operação: o lançamento de ações do Santander Brasil. Segundo o BC, dos US$ 13,025 bilhões, cerca de US$ 4 bilhões referem-se a ADRs (ações negociadas em Nova York) vinculadas à emissão do banco. Em setembro, o saldo líquido de ingressos de estrangeiros no mercado de ações havia sido bem menor, de US$ 3,987 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
IOFbolsasdólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.