Investimento para 2010 fica próximo do ''erro'' de Dilma

Quando a ministra Dilma Rousseff anunciou, 11 dias antes da divulgação do balanço da Petrobrás, que a estatal iria investir este ano R$ 85 bilhões, causou mal-estar. No dia seguinte, a direção da Petrobrás desmentiu a informação, alegando que o investimento previsto para 2010 era de R$ 79,5 bilhões. Ontem a estatal anunciou a revisão de seu plano de investimentos. O valor estipulado: R$ 88,5 bilhões, bem próximo do erro de Dilma, criticada na ocasião por não conhecer em detalhes os números da estatal. Agora fica a dúvida se foi erro ou descuido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.