Investimentos estrangeiros diretos crescem 87,8% em 2005

Apesar da crise política, os investimentos estrangeiros diretos registraram ingressos líquidos de US$ 2,035 bilhões no mês de julho, o que representa um crescimento de 27,2% em relação a julho de 2004, segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central. De janeiro a julho, os investimentos estrangeiros somam US$ 10,601 bilhões, 87,8% maiores que nos mesmo período do ano passado.Nos últimos doze meses acumulados até julho, os investimentos estrangeiros diretos somam US$ 23,122 bilhões, o que equivale a 3,35% do Produto Interno Bruto (PIB). No acumulado em 12 meses até o mês de junho, os investimentos eram de US$ 22,687bilhões.O chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, previu que o ingresso de investimentos estrangeiros diretos em agosto deve chegar a US$ 1,8 bilhão. No mês, até hoje, os investimentos somam US$ 1,3 bilhão. Altamir considerou "altamente positivo" o ingresso de IED de US$ 2,035 bilhões registrados em julho.

Agencia Estado,

18 de agosto de 2005 | 13h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.