Investimentos no exterior devem chegar a US$ 75,6 bilhões

A Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet), divulgou em seu último boletim a estimativa de que o estoque de investimentos brasileiros diretos no exterior (IBD) alcança à US$ 75,6 bilhões em 2006.A Sobeet afirma que o processo de internacionalização das empresas brasileiras tem se intensificado nos últimos anos. O boletim traz dados do Banco Central que mostram que os investimentos brasileiros no exterior tiveram um crescimento de quase 50% nos últimos cinco anos, subindo de US$ 49,6 bilhões em 2001, para US$ 71,7 bilhões em 2005.Em 2004, o estoque de investimento brasileiro em paraísos fiscais chegou a US$ 47,7 bilhões, representando 75% do estoque total de IBD, segundo dados do Banco Central apresentados pelo boletim. O país que mais recebeu investimentos brasileiros diretos, até o ano de 2004, foram as Ilhas Cayman. Em segundo lugar, ficaram as Ilhas Bahamas, seguidas das Ilhas Virgens Britânicas.Rodízio O boletim destaca o reduzido montante de lucros e dividendos que o Brasil vem recebendo mesmo sendo crescente a tendência dos fluxos de IBD. "A razão entre os lucros e dividendos recebidos pelo Brasil e o estoque de investimento brasileiro direto no exterior é significativamente menor do que a razão de lucros e dividendos remetidos do Brasil sobre o estoque de investimento estrangeiro direto no país". A Sobeet avalia que, além de baixa, esta razão diminuiu nesses últimos três anos e que a tendência de crescimento de IBD esteja sendo acompanhada do reinvestimento de lucros e dividendos no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.