seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

IPC da Fipe é de 0,27% na 3ª quadrissemana

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da USP subiu 0,27% na terceira quadrissemana de junho, porcentual levemente inferior aos 0,29% da última prévia. A maior alta do período foi Despesas Pessoais, que teve variação positiva de 0,45%, superior ao aumento de 0,35% da pesquisa anterior. Transportes e Saúde tiveram a mesma variação: +0,31%. No caso de Transportes, a alta foi inferior ao resultado da segunda quadrissemana (+0,39%), mas o item Saúde registrou alta em relação à última prévia (+0,23%). A menor variação apurada foi novamente Educação, que subiu 0,14%, alta inferior aos 0,22% da última pesquisa. Os grupos Habitação, Vestuário e Alimentação registraram queda na compararação com a pesquisa apresentada na semana passada. Veja as variações dos itens que compõem o IPC: Habitação: +0,26%; Alimentação: +0,16%; Transportes: +0,31%; Despesas Pessoais: +0,45%; Saúde: +0,31%; Vestuário: +0,21%; Educação: +0,14%; Índice Geral: +0,27%.

Agencia Estado,

27 de junho de 2002 | 06h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.