IPC da Fipe mostra queda de inflação em SP

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da USP, foi de 1,83% na terceira quadrissemana de fevereiro. A inflação do município de São Paulo ficou dentro do intervalo previsto pelos analistas ouvidos pela Agência Estado, que apontaram um porcentual menor do que o da última semana (+2,13%) e entre 1,70% e 1,94%. Transportes e Educação, os grupos que vêm liderando as altas nas últimas quadrissemanas, apresentaram baixas significativas. Transportes, que teve variação de 7,81% na segunda prévia do mês, subiu 6,01% no último período pesquisado. O grupo Educação registrou queda ainda mais significativa: de 4,41% (pesquisa da semana passada) para 2,57%. Vestuário segue a tendência mostrada na últimas pesquisas e subiu de 0,14% para 0,62%. Habitação (0,64% ante 0,63% da semana passada) e Saúde (+0,98% ante 0,96%) apresentaram variações positivas muito pequenas. Já Alimentação, que vinha caindo desde o início do ano, apresentou alta de 1,75%, porcentual maior do que o 1,47% da última quadrissemana. Veja as variações dos itens que compõem o IPC: Habitação: +0,64%; Alimentação: +1,75%; Transportes: +6,01%; Despesas Pessoais: +0,62%; Saúde: +0,98%; Vestuário: +0,62%; Educação: +2,57%; Índice Geral: +1,83%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.