IPC deve fechar março em 0,40%, prevê Fipe

A taxa média de inflação na cidade de São Paulo deverá fechar o mês de março em 0,40%, segundo prevê o coordenador do IPC-Fipe, Paulo Picchetti. Esta variação, segundo ele, já nasce com impacto de 0,11 ponto porcentual provocado pelo aumento médio previsto para os automóveis, com a pressão de 0,05 ponto porcentual no índice, reajuste de telefone fixo e celular dando uma contribuição de 0,01 ponto porcentual cada um e cigarros, que deve pressionar o índice com 0,04 pp. Na opinião de Picchetti, a inflação média no decorrer do ano deverá ficar entre 0,40% e 0,50%, o que leva a manter sua previsão para IPC-Fipe fechado em 2004 de 5,5% a 6%. Ainda de acordo com o coordenador do IPC-Fipe, não há na dinâmica da inflação uma disseminação de aumentos de preços, mas sim, aumentos pontuais advindos das commodities, setor químico e tributos, em especial, a Cofins.

Agencia Estado,

03 Março 2004 | 13h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.