IPC é o menor desde março de 2004

O IPC-Fipe da segunda quadrissemana de junho (0,07%), divulgado esta manhã, apresentou a menor variação desde a segunda quadrissemana de março do ano passado, quando ficou em 0,06%. O resultado ficou muito próximo do piso das expectativas do mercado financeiro para o indicador (de 0,05% a 0,29%, com média em 0,10%).Com o resultado, o coordenador do IPC-Fipe, Paulo Picchetti, deverá rever para baixo sua projeção de inflação para o mês, atualmente em 0,40%. Na semana passada, durante entrevista coletiva, ele já havia sinalizado que a previsão feita no final de maio para a inflação de junho poderia ser reavaliada, mas que preferia ter em mãos os dados de mais uma quadrissemana.Isto porque o número da primeira pesquisa do mês, de 0,19%, surpreendeu o mercado (que esperava uma taxa de 0,25% a 0,45%) e também o coordenador, que disse que a taxa estava "realmente muito baixa". Ele lembrou também que "junho é um mês de inflação benigna". O novo número deverá ser divulgado ainda hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.