IPC-Fipe acelera 1,30% na 1a quadrissemana de junho

A inflação ao consumidor em São Pauloacelerou um pouco mais que o esperado na primeira quadrissemanade junho, puxada novamente pela forte alta nos preços dosalimentos. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 1,30 por centona primeira quadrissemana do mês, contra alta de 1,23 por centoem maio, informou nesta quarta-feira a Fundação Instituto dePesquisas Econômicas (Fipe). Economistas pesquisados pela Reuters previam uma taxa de1,23 por cento para a primeira leitura do mês, exatamente amesma variação apurada em maio, de acordo com a mediana e amédia de 10 economistas. Os prognósticos oscilaram entre 1,18 e1,30 por cento. Os custos do grupo Alimentação avançaram 3,68 por cento naprimeira leitura de junho, contra alta de 3,17 por cento emmaio. Outros grupos mostraram leve desaceleração no período, comoVestuário (alta de 1,30 ante anterior de 1,55 por cento),Despesas Pessoais (avanço de 0,74 por cento ante 0,79 por centoem maio) e Saúde (alta de 0,35 por cento ante 0,59 por cento emmaio). Veja abaixo a variação de preços dos principais grupos deprodutos e serviços: 1a quadri Maio -- Habitação: +0,73% +0,74% -- Alimentação: +3,68% +3,17% -- Transportes: +0,29% +0,31% -- Despesas pessoais: +0,74% +0,79% -- Saúde: +0,35% +0,59% -- Vestuário: +1,30% +1,55% -- Educação: +0,02% +0,04% O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulode famílias com renda até 20 salários mínimos. (Reportagem de Cláudia Pires)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.