IPC-Fipe desacelera e sobe 1,06% na 3a quadrissemana de junho

A inflação ao consumidor em São Paulodesacelerou mais que o esperado na terceira quadrissemana dejunho, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelaFundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 1,06 por centona terceira quadrissemana do mês, um recuo diante da alta de1,26 por cento da segunda quadrissemana de junho. Uma pesquisa da Reuters mostrou que o mercado projetava,segundo a mediana de 10 estimativas, uma alta de 1,18 por centopara o índice na terceira quadrissemana. As estimativasvariaram de 1,10 a 1,26 por cento. Os custos do grupo Alimentação subiram 3,20 por cento naterceira leitura de junho, uma desaceleração em relação à altade 3,66 por cento na segunda quadrissemana. Outros grupos mostraram desaceleração no período, comoVestuário (alta de 0,43 por cento ante 0,77 por cento naleitura anterior), Habitação (alta de 0,54 por cento ante 0,69por cento na segunda quadrissemana), Transportes (alta de 0,16por cento ante 0,28 por cento na quadrissemana anterior) eDespesas Pessoais (alta de 0,65 por cento frente a 0,76 porcento na leitura anterior). O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulode famílias com renda até 20 salários mínimos. (Reportagem de Cláudia Pires; edição de Renato Andrade)

REUTERS

25 de junho de 2008 | 07h11

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFIPE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.