IPC-Fipe recua para 0,45% na segunda prévia de fevereiro

Saúde e Habitação estão entre os que apresentaram alta e puxaram índice; houve recuo no grupo Alimentação

SÉRGIO CAMARGO, Agencia Estado

17 de fevereiro de 2009 | 05h26

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apontou inflação de 0,45% na segunda quadrissemana de fevereiro, abaixo da primeira medição, que teve uma taxa média de 0,49% nos preços de produtos e serviços na capital paulista. O resultado foi divulgado nesta terça-feira, 17, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e ficou dentro das expectativas dos analistas consultados pela Agência Estado, que variavam de 0,42% a 0,54%.   Veja também: Preço dos alimentos eleva 'inflação do aluguel' Radar da inflação De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise Os grupos que apresentaram alta entre a primeira e a segunda prévia deste mês foram Habitação (de 0,30% para 0,41%) e Saúde (de 0,49% para 0,58%). Houve recuo nos segmentos Alimentação (de 0,83% para 0,59%), Despesas Pessoais (de 0,56% para 0,37%) e Educação (de 4,77% para 3,22%). A variação negativa recuou nos grupos Transportes (de -0,23% para -0,03%) e Vestuário (de -0,81% para -0,29%).   Veja como ficaram os itens que compõem o IPC:Habitação: 0,41%Alimentação: 0,59%Transportes: -0,03%Despesas Pessoais: 0,37% Saúde: 0,58%Vestuário: -0,29% Educação: 3,22%Índice Geral: 0,45%

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPCFipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.