IPC-Fipe sobe 0,81%, preços de educação começam a pressionar

O Índice de Preços aoConsumidor (IPC) de São Paulo subiu 0,81 por cento na primeiraquadrissemana de janeiro, seguindo a alta de 0,82 por cento nofechamento de dezembro, informou nesta quinta-feira a FundaçãoInstituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Os preços do grupo Alimentação, uma das principais pressõesrecentemente, avançaram 2,03 por cento no período, dado próximoda variação positiva de 2,02 por cento do mês passado. A maior aceleração veio do grupo Educação, que em ummovimento sazonal passou de alta de 0,10 por cento em dezembropara 0,83 por cento na primeira quadrissemana do ano. O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulode famílias com renda até 20 salários mínimos. (Reportagem de Vanessa Stelzer; Edição de CarolinaSchwartz)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.