finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

IPC-M avança 0,23% na 2ª leitura do mês, diz FGV

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M), no âmbito do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), anunciado nesta quarta-feira, 18, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,23% na segunda leitura de setembro, ante avanço de 0,07% em igual período de agosto. Os alimentos foram os principais responsáveis pela alta, saindo de uma queda de 0,08% na segunda prévia de agosto para alta de 0,17%, agora.

ANTONIO PITA, Agencia Estado

18 de setembro de 2013 | 08h53

Os principais produtos que puxaram o indicador foram frutas (-3,27% para +1,81%) e refeições em bares e restaurantes (0,53% para 1,14%). Das oito categorias que compõem o IPC, apenas uma não registrou aceleração da inflação. O item Comunicação ficou com taxa de 0,04% na prévia de setembro, ante alta de 0,13% em agosto. O item tarifa de telefone móvel foi responsável pela desaceleração (+0,43% para -0,59%).

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) apresentou pequena alta de 0,30% em setembro, ante avanço de 0,26% na segunda prévia de agosto. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação positiva de 0,64%, ante 0,51% no mês anterior. Já o outro componente do índice, o custo da Mão de Obra, não registrou variação em setembro. No mês anterior, o item havia avançado 0,03%.

Tudo o que sabemos sobre:
IGP-MFGV2ª prévia setembroIPC-M

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.