IPC-RJ sobe 0,49% em junho

A inflação medida pelo Índice de Preços aoConsumidor do Rio de Janeiro (IPC-RJ) registrou variação de 049% em junho, de acordo com pesquisa divulgada hoje pelaFundação Getúlio Vargas (FGV). Em maio, o indicador haviaregistrado deflação de 0,12%. Um dos setores que mais pressionoua inflação em junho foi o de transportes, que passou de 0,52% emmaio para 1,35% em junho. Segundo o economista responsável pela pesquisa, PauloSidney de Melo Cota, a alta nos transportes foi provocada,principalmente, pelo aumento na tarifa dos ônibus municipais,que passou de R$1,10 para R$1,20. Na saúde, o impacto foi dadopelo aumento nos planos médicos, enquanto a alta no vestuáriofoi resultado do lançamento da coleção de inverno. Na habitação,o vilão do aumento foi o gás de cozinha. Ainda de acordo com Cota, a inflação de junho no Rioesteve de acordo com as projeções da FGV. Em julho, segundo ele,a inflação na capital fluminense será pressionada pelosreajustes de telefone, gás de cozinha, gasolina e planos desaúde. "Esses serviços devem elevar o índice para 0,70% ou 080%", avalia. A pesquisa é realizada mensalmente e abrangefamílias com renda entre um e 33 salários mínimos.

Agencia Estado,

08 de julho de 2002 | 10h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.