IPC-S cai para 0,85% (ante 0,91% da semana anterior)

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) caiu para 0,85% na semana referente a 7 de junho, ante 0,91% na semana anterior. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getúlio Vargas. A taxa ficou dentro das expectativas dos analistas de mercado (0,80% a 1%) e apresentou a primeira desaceleração desde 12 de abril de 2004.As maiores contribuições para desaceleração da taxa foram dadas pelo grupo de Alimentos, seguido de Saúde e Cuidados Pessoais. Os produtos alimentícios reduziram a variação de 1,94% na semana anterior para 1,77% na semana de referência, sob menor impacto dos problemas climáticos que estão pressionando os preços desses produtos.Segundo a FGV, a redução do ritmo de reajustes dos alimentícios foi efeito sobretudo da desaceleração nos itens arroz e feijão, frutas, panificados e biscoitos, adoçantes e carnes e peixes industrializados. Esses cinco itens respondem, juntos, por 32% das despesas familiares com gêneros alimentícios.O grupo de Saúde e Cuidados Pessoais desacelerou de 0,85% para 0,76%, com maior contribuição individual dos medicamentos, que registraram variação de 1,8%, ante 2,3% na semana anterior. Os demais itens pesquisados registraram as seguintes variações de uma semana para outra: Habitação (0,50% na semana anterior para 0,46% na semana de referência); Despesas Diversas (0,44% para 0,36%) e, com aceleração, os grupos de Vestuário (0,95% para 1,06%); Educação, Leitura e Recreação (-0,08% para 0,03%) e Transportes (0,47% para 0,49%).

Agencia Estado,

15 de junho de 2004 | 02h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.