IPC-S desacelera e cai 0,21% na semana

No grupo de alimentos, dos 21 itens pesquisados, nove apresentaram desacelerações em suas taxas de variação

Jacqueline Farid, da Agência Estado,

23 de dezembro de 2009 | 08h43

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) até 22 de dezembro ficou em 0,21%, ante 0,30% no anterior (até 15 de dezembro), segundo divulgou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com nota da Fundação, é a segunda desaceleração consecutiva no índice no mês.

 

Dos 21 itens do IPC-S componentes do grupo Alimentação (0,06%, ante 0,40% no anterior), nove apresentaram desacelerações em suas taxas de variação, com destaque para hortaliças e legumes (-1,50%). Os grupos Transportes (0,21%, ante 0,26% no anterior), Habitação (0,21%, ante 0,23% no anterior) e Educação, Leitura e Recreação (0,30%, ante 0,31% no anterior) também contribuíram para o recuo da taxa do índice de uma semana para outra, segundo a FGV.

 

Por outro lado, houve alguma aceleração nos grupos de Vestuário (0,99%, ante 0,88% no anterior), Despesas Diversas (0,25%, ante 0,17%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,17% para 0,11%).

 

Das sete capitais pesquisadas no IPC-S Capitais, cinco mostraram desacelerações nas taxas no índice de até 22 de dezembro, em relação ao anterior. As taxas apuradas foram as seguintes: São Paulo (0,10%, ante 0,21% no anterior); Belo Horizonte (0,42%, ante 0,53% no anterior); Brasília (0,22%, ante 0,27%); Porto Alegre (estável em 0,17%); Rio de Janeiro (0,37%, ante 0,51%); Salvador (-0,04%, ante -0,01%) e Recife (0,40% para 0,46%).

Tudo o que sabemos sobre:
IPC-Sinflaçãoconsumidor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.