Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

IPC-S fecha em 0,32%. Taxa é a segunda menor do ano

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) divulgado nesta segunda-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) fechou em 0,32%, 0,15 ponto porcentual abaixo da taxa anterior. Segundo a fundação, houve uma desaceleração dos aumentos de preços. A taxa divulgada ontem, relativa ao período de coleta de preços entre 13 de março e 12 de abril, foi a segunda menor do ano.Na prática, o índice encerrado na semana passada ficou abaixo do patamar das últimas cinco semanas, período em que oscilou entre 0,47% e 0,52%. Dentre os grupos analisados, alimentação e despesas diversas deram a maior contribuição para a desaceleração do indicador, com recuos de 0,50 e 0,22 pontos porcentuais, respectivamente.Na alimentação, subiram com menor intensidade, comparado ao período anterior, os itens de hortaliças e legumes, frutas, doces e chocolates, aves, ovos e óleos e gorduras. Nas despesas diversas, uma das principais contribuições negativas foi a das cervejas. No período anterior, os preços haviam subido 0,97%. No indicador divulgado ontem, caíram 0,18%.No grupo de vestuário, a variação continuou negativa (-0,12%), assim como no de transportes (-0,58%). Mas especificamente no subgrupo de roupas, os preços voltaram a subir, 0,17%, depois de uma deflação de 0,62%. Segundo a fundação, "esta aceleração pode ser explicada pelo fim do período das liquidações de verão e chegada da nova coleção outono-inverno".

Agencia Estado,

20 de abril de 2004 | 05h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.