IPC-S fica em 0,01% até 28 fevereiro

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 28 de fevereiro teve o resultado mais baixo desde a terceira semana de setembro passado, quando foi de -0,08%. Segundo divulgou nesta quinta-feira (2) a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a alta foi de 0,01%, abaixo da taxa de 0,10% da semana anterior.A taxa ficou perto do piso das projeções dos analistas ouvidos pela Agência Estado (0,00% a 0,12%).Segundo a FGV, nesta apuração do IPC-S, seis das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram redução em suas taxas de variação de uma semana para outra. As maiores contribuições para a desaceleração partiram dos grupos: Educação Leitura e Recreação (0,71% para 0,29%), Habitação (-0,03% para -0,11%), Transportes (1,15% para 0,98%) e Vestuário (-1,43% para -1,62%).Houve desaceleração também nos grupos Saúde e Cuidados Pessoais (0,54% para 0,51%) e Despesas Diversas (0,24% para 0,16%). O grupo Alimentação diminuiu o ritmo de queda da semana de 22 de fevereiro (-0,35%) para 28 de fevereiro (-0,30%).O IPC-S mede a inflação para famílias com rendimentos entre 1 e 33 salários mínimos, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.