IPC-S tem inflação de 0,02%, após 4 deflações seguidas

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve alta de 0,02% na semana encerrada em 18 de julho. Este é o primeiro resultado positivo do indicador, após quatro deflações consecutivas. O resultado anterior do índice, referente à semana encerrada em 14 de julho, foi de queda de 0,06%. A informação foi divulgada ontem à noite pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo a FGV, o resultado foi influenciado pela menor intensidade na queda de preços nos grupos Alimentação e Transportes. Embora os segmentos ainda apresentem deflação, os grupos estão agora com variações "menos negativas". De acordo com a FGV, o desempenho destes dois grupos, combinados, foi responsável por um acréscimo de 0,05 ponto percentual na taxa de variação do IPC-S. Ainda segundo a instituição, "repartindo-se o impacto entre os dois grupos, Alimentação, isoladamente, responde por (impacto de) 0,04 ponto percentual (no IPC-S)".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.