Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

IPCA-15 cai para 0,21% em abril (0,40% em março)

A deflação dos alimentos e dos combustíveis levou o IPCA-15 a registrar variação de 0,21% em abril, ante 0,40% em março. A taxa foi menor do que a previsão dos analistas ouvidos pela Agência Estado (0,40% a 0,50%). Os alimentos registraram queda de 0,17% nos preços. Segundo explicou o IBGE na nota de divulgação do índice, a deflação dos alimentos ocorreu por causa do aumento da oferta em consequência da comercialização da nova safra. As maiores quedas ocorreram no tomate (-13,98%) e açúcar refinado (-5,63%). A boa safra da cana-de-açúcar reduziu o preço do álcool combustível (-12,11%) e da gasolina (-2,07%). No ano, o IPCA-15 acumula alta de 2,21% e, em 12 meses, de 5,33%.

Agencia Estado,

27 de abril de 2004 | 09h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.