IPCA-15 de fevereiro fica no topo das expectativas

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) de fevereiro caiu de 0,62% em janeiro para 0,44% em fevereiro. As informações são do IBGE. O IPCA-15 é calculado segundo a mesma metodologia do IPCA, o índice oficial para as metas de inflação, mas o período de coleta é diferente. Para a taxa deste mês de fevereiro a coleta aconteceu entre os dias 16 de janeiro a 14 de fevereiro. Os preços foram comparados com os praticados no período de 11 de dezembro a 15 de janeiro. O IPCA-15 baseia-se no consumo de famílias com rendimento entre um e 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro (O,72%), Porto Alegre (0,20%), Belo Horizonte (0,51%), Recife (0,51%), São Paulo(0,33%), Belém (0,85%), Fortaleza (0,27%), Salvador (0,34%)e Curitiba (0,54%), além das cidades de Brasília (0,33%) e Goiânia (0,70%). O IPCA-15 de fevereiro ficou próximo ao topo das expectativas do mercado. Segundo analistas consultados ontem pelo repórter Francisco Carlos de Assis, as estimativas variavam de um índice entre 0,30% e 0,45%. Na tarde de hoje, será divulgado o IGP-M da terceira prévia. Hoje cedo, foi divulgado o IPC-Fipe da terceira quadrissemana de fevereiro, que ficou em 0,28%, também no teto das expectativas, que iam de 0,10% a 0,32%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.